Assunção completa seus 21 anos de sua independência,politicamente falando e população opina sobre suas conquistas e anseios


Assunção, município no estado da Paraíba (Brasil), localizado na microrregião do Cariri Ocidental. . Área territorial de 126 km². Um grande problema enfrentado na cidade diz respeito ao abastecimento de água, uma vez que ainda não existe distribuição de água encanada.

HISTÓRIA
As terras que constituem o atual município de Assunção originaram-se das sesmarias da família Oliveira Ledo, tendo Ana de Oliveira, pertencente a esta família, fixado uma fazenda na região.
O povoamento do local deu-se no entroncamento da estrada que ligava Taperoá e Salgadinho (Paraíba) à estrada para Patos. Segundo registros, os primeiros habitantes foram José Pedro Diniz e Pio Salvador de Maria.
O distrito foi criado com a denominação de Assunção, pela lei estadual nº 1954, de 17 de janeiro de 1959, subordinado ao município de Taperoá e parte da área chamada Estaca Zero pertencia ao município de Juazeirinho. A emancipação política ocorreu lei estadual nº 5895, de 29 de abril de 1994, desmembrado de Taperoá e Juazeirinho. É constituído do distrito sede e a instalação ocorreu em 1 de janeiro de 1997.
CLIMA
O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005. Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e o risco de seca. Segundo a divisão do Estado da Paraíba em regiões bioclimáticas o município possui bioclima sub-desértico quente de tendência tropical.
A precipitação média anual é de 522 mm (Período 1962-1985), 81% das quais concentradas de fevereiro a maio. As temperaturas médias são da ordem de 25 graus.
E hoje dia 29/04/15 nossa cidade,completa 29 anos de emancipação política,a nossa reportagem foi as ruas saber da população,o que de fato mudou durante estas pouco mais de duas décadas.
Procuramos colher informações,principalmente do "povão",com uma simples pergunta: O que houve de melhoras para á população durante estes 21 anos de emancipação política?

Mª Solange


Indagamos a senhora Mª Solange,ela reside na Rua: Francisco Pereira.
Ela frisou,como a maioria dos entrevistados a questão do saneamento básico de sua rua á qual segundo a depoente,seria muito interessante."Quando chove ninguém consegue transitar por aqui e espero que este calçamento possa ser feito o mais breve possível" frisou.


D.Mª Bezerra e D.Francisca


Já na rua,José Carlos ouvimos as senhoras,D.Maria Bezerra e D.Francisca Alves ambas também falaram que nossa cidade evoluiu bastante em muitos setores,mas espera como muitos dos entrevistados,que á rua José Carlos possa ser pavimentada."Durante as campanhas políticas muitos candidatos passam por aqui,mas depois que ganham,somem,acho que por isso que sabem como é a realidade de nossa rua"comentaram as moradoras.


                                                     Zé Teófilo
Na rua André Gonçalves á qual fica no bairro das "areias" popularmente conhecido tivemos o privilégio de ouvir o morador José Teófilo,"Nosso município melhorou bastante,mas peço mais empenho por parte dos vereadores que façam mais principalmente por quem mais necessita,eu não tenho muito o que reclamar não,mas falo pelos os meus irmãos de nosso município" relatou seu José.


                                                         Joca da borracharia
Do outra lado da cidade,ouvimos o depoimento do comerciante Valdemir Marques popular(Joca da Borracharia),"Assunção está de parabéns e para ficar 100% mesmo,só queria que em algumas situações o setor da saúde fosse mais ágil  em alguns casos,nas demais áreas não vejo muitas reclamações"relatou.


                                                      Neide
Já estamos na rua Mª Francisca da Conceição,á moradora desta rua a jovem Joseleide de Souza(Neide)como é conhecida,também reclama de falta de saneamento básico de sua rua,pois á acessibilidade é muito complicado e pede que os representantes locais,olhem com mais carinho por todos que lá residem.


                                                        Francisco
Quem procurou á nossa reportagem foram os mototaxistas de nossa cidade,em depoimento particular o mototaxista e morador da cidade o senhor,Francisco José dos Santos,relatou que Assunção está de parabéns pelos os seus 21 anos de emancipação,mas faz um pedido em nome de toda a classe de mototaxistas da cidade de Assunção,que é um ponto para os mesmos,pois já foi prometido a muito tempo e até então nada de ser construído e todos os seus colegas de trabalho ainda esperam por esta promessa não cumprida,segundo ele por um legislador do município.


                                             Damião Martiniano
Já o morador e funcionário público da cidade,residente na rua Inácio Pereira Filho,o senhor Damião Martiniano,relatou que Assunção está de parabéns e que cada um gestor que esteve e/ou estão á frente do executivo fizeram sua obrigação,mas como não é diferente das demais cidades Brasil afora também enfrenta problemas em alguns setores,mas segundo ele acredita que muito mais será feito em nosso município e principalmente a infraestrutura tem que fazer um pouco mais,dentro do possível claro,por alguns bairros da cidade.


                                               Zeferino
Seu Zeferino,cidadão popular em nossa cidade,morador da rua Camila Martins,também opinou,"espero que os nossos representantes possam olhar com mais delicadeza para a nossa rua e façam algo de benefício por todos nós que aqui residimos".


Onofre(Galego)

O conjunto habitacional,José de Assis Pimenta também teve sua voz o pedreiro Onofre,popular(Galego),ele relatou que uma das principais reivindicações dos moradores que residem no conjunto habitacional é a construção de um quebra-molas/lombada,naquelas imediações,pois o perigo ronda constantemente naquele setor e espera que não seja necessário ocorrer um acidente fatal,para só depois tomarem providências.


                                                  Dóda
E fechando a nossa consulta popular nas ruas  de nossa "aniversariante",ouvimos a professora da rede municipal de ensino,Joselita Cristóvão de Lima(Dóda de Nego Laginha).
"Parabenizo nossa cidade pelos os seus 21 anos de emancipação é melhorou em todas as áreas e o que precisa ser melhorado é a questão da educação,ou seja,mais escolas construídas no município,pois o número de unidades escolares existentes,não estão suportando o número de alunos,e espera urgentemente que seja construídas escolas e aja também um número maior de funcionários efetivos na área da educação",relatou Dóda.

Agradecemos a todos que colaboraram conosco nesta avaliação de forma direta ou indiretamente!

Redação


Assunção completa seus 21 anos de sua independência,politicamente falando e população opina sobre suas conquistas e anseios Assunção completa seus 21 anos de sua independência,politicamente falando e população opina sobre suas conquistas e anseios Reviewed by Guedes Erivaldo on 12:36 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.