Professor da rede estadual ganha R$ 13,03 por hora na Paraíba e fica abaixo da média nacional



Levantamento feito com base no salário de professores da rede estadual de ensino em todo o Brasil constatou que a média de pagamento por hora em sala da aula ou fora dela preparando atividades, provas e relatórios é de R$ 16,95. Na Paraíba, o valor não acompanha a média nacional e valor estipulado por 60 minutos de trabalho de um professor estadual é de 13,03.
O valor médio da hora nacional faz parte de um levantamento feito pelas equipes de reportagem do G1 em todo o país, junto aos governos estaduais e sindicatos, entre abril e junho deste ano.
Considerando a carga horária de 40 horas semanais de trabalho, o salário-base médio é de R$ 2.711,48 para professores com diploma de licenciatura no início da carreira. Na Paraíba os valores variam porque a jornada padrão semanal não é fixa, varia entre 30 a 40 horas. Para os que atuam no regime de 30 horas o salário é de 1.596,38 e para os que trabalham 40 semanais o salário é de R$ 2.128,51, perfazendo uma média de pouco mais de R$ 13 por hora.
O levantamento tomou como base essa categoria de docência porque as redes estaduais são as principais responsáveis pelo ensino médio, nível em que, para lecionar, é preciso concluir o curso de licenciatura.
Em média, o professor da rede pública estadual formado em licenciatura (ou seja, com diploma do ensino superior), recebe 57% do salário mediano dos trabalhadores brasileiros com formação equivalente. Segundo uma comparação feita pelo Cadastro Central de Empresas (Cempre) com base em dados de 2013, e divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na semana passada, o salário médio de trabalhadores com diploma de nível superior foi de R$ 4.726,21.
Lei de 2008
A lei que estabelece o piso salarial nacional para professores é de 2008 e determina diversas obrigações municípios, estados e à União.
Além de dever pagar pelo menos o valor fixado por lei para professores com formação de nível médio e jornada de 40 horas semanais, os governos devem ajustar o salário para outras jornadas de trabalho segundo o piso.
Ainda de acordo com a lei, na jornada total, pelo menos um terço das horas trabalhadas pelos professores devem ser fora da sala de aula (a chamada “hora-atividade”).
Em alguns estados, porém, o cargo de professor com diploma de ensino médio já foi extinto, e só são contratados docentes que tenham formação de ensino superior. É o caso, por exemplo, do Amazonas e do Espírito Santo. Em outros estados, como no Ceará, há apenas algumas dezenas de professores nessas condições, e eles já não atuam mais em sala de aula. (com G1).



Com Blog do Gordinho
Professor da rede estadual ganha R$ 13,03 por hora na Paraíba e fica abaixo da média nacional Professor da rede estadual ganha R$ 13,03 por hora na Paraíba e fica abaixo da média nacional Reviewed by ´Blog do Erivaldo Guedes on 02:17 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.