Acusado de homicídio no interior da PB diz que vítima morta a golpes de paralelepípedo,nunca mais vai "pagar de gostoso"


A Polícia Civil conseguiu localizar e prender o autor de um homicídio registrado na madrugada desta sexta-feira (25) na cidade de Sousa. Everaldo Amaro de Sousa, de 36 anos, confessou o crime na delegacia.
Ele disse que a vítima, Raimundo Fagner Ferreira de Morais, de 27 anos, estava “pagando de gostoso” com a sua família e que batia no seu filho de três anos. Apesar de estar chorando, Everaldo não se arrepende do que fez.
O crime aconteceu na localidade conhecida como “Buraco da Gia”, no Bairro Várzea da Cruz. Raimundo Fagner foi morto a golpes de paralelepípedo após discutir com o acusado possivelmente por causa do conserto de uma moto.

Segundo depoimento de Everaldo na delegacia, Raimundo Fagner teria tentado obrigá-lo a consertar sua moto por volta de meia noite e ainda invadiu a privacidade da sua família entrando na sua casa.
"Eu não me arrependo, mas ele nunca mais vai zoar minha família de novo. Nunca mais vem aqui pagar de gostoso na minha casa. Ele dava cascudo no meu menino de três anos de idade", conta.

No local do crime foram encontradas latinhas de cervejas e ferramentas com as quais a moto estaria sendo consertada. Após cometer o assassinato, Everaldo pegou algumas roupas em casa e fugiu. Mas poucas horas depois foi localizado na casa de parentes em outro bairro e preso em flagrante.

Diário do Sertão

Acusado de homicídio no interior da PB diz que vítima morta a golpes de paralelepípedo,nunca mais vai "pagar de gostoso" Acusado de homicídio no interior da PB diz que vítima morta a golpes de paralelepípedo,nunca mais vai "pagar de gostoso" Reviewed by Guedes Erivaldo on 03:14 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.