Síndrome respiratória pode ter causado 12 mortes na PB; veja como se proteger


Até o dia 16 de abril, foram notificados 38 casos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). Desses, 10,5% (4) foram descartados e 31,6 % (12) óbitos seguem em investigação para influenza (Puxinanã - 1, Camalaú - 1, Campina grande – 2, Condado– 1, Jericó – 1, Poço Dantas - 1 e João Pessoa - 5). Dentre os casos notificados, 5,3% (2), foram ocasionados pelo vírus influenza a (H1N1), com 2,6% (01) evoluindo para óbito, e os demais aguardam resultado laboratorial. Veja abaixo como se proteger.

De acordo com a SES, a influenza (gripe) é uma infecção viral que afeta principalmente nariz, garganta, brônquios e, ocasionalmente, os pulmões que pode vir apresentar sintomas de uma gripe leve e/ou levar a um agravamento quadro clínico, e até mesmo ao óbito, cabendo as autoridades de saúde orientar a população e desencadear medidas de prevenção e controle da vigilância epidemiológica da influenza.

A SRAG integra uma gama de doenças que levam ao internamento, entre elas, a influenza (gripe) e os seus subtipos e as pneumonias.



Com Cariri de Cá
Síndrome respiratória pode ter causado 12 mortes na PB; veja como se proteger Síndrome respiratória pode ter causado 12 mortes na PB; veja como se proteger Reviewed by ´Blog do Erivaldo Guedes on 05:15 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.