Juíza proíbe vereador preso suspeito de pistolagem de tomar posse no interior da PB


A Justiça proibiu Ubiraci Rocha (PPS), vereador eleito no município de Catolé do Rocha preso por suspeita de pistolagem, de tomar posse no dia 1 de janeiro de 2017. A decisão da juíza Lílian Franssinetti Cananea também veta a participação do prisioneiro na eleição para a escolha da Mesa Diretora da Câmara. 

Segundo a juíza, Bira como é conhecido popularmente, ainda pode solicitar aos advogados de defesa um requerimento junto a Justiça Eleitoral para tomar posse em um momento posterior.

Ubiraci foi diplomado na última quinta-feira (15) por meio de procuração. Ele está preso provisoriamente desde maio deste ano, precisou de autorização judicial e escolta para ir votar.  O vereador recebeu 948 dos 17.478 votos válidos no município.

O vereador eleito segue preso no Presídio Padrão Manoel Gomes, em Catolé do Rocha. O suspeito foi preso no dia 9 de maio, em uma operação do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Militar da Paraíba, realizando transações bancárias em uma agência de João Pessoa.





Com ClickPB
Juíza proíbe vereador preso suspeito de pistolagem de tomar posse no interior da PB Juíza proíbe vereador preso suspeito de pistolagem de tomar posse no interior da PB Reviewed by Guedes Erivaldo on 07:55 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.