Marido confessa que pagou R$ 1.500 para matar esposa em Campina Grande


Luciano Mota do Nascimento confessou ter mandado matar a esposa Aline Albuquerque da Silva, de 25 anos. O marido disse que pagou R$ 1.500 em espécie para uma pessoa, segundo ele, que havia conhecido na rua para simular um assalto e efetuar os disparos. 

O marido alega que vinha sofrendo ameaças de Aline, e que já havia acordado duas vezes com ela o ameaçando com uma faca. O assassinato de Aline aconteceu no dia 21 de dezembro de 2016, no bairro de Bodocongó, em Campina Grande.
Aline foi assassinada a tiros na presença dos filhos, quando chegava em casa com o marido no dia 21 de dezembro de 2016, no bairro de Bodocongó, em Campina Grande. Inicialmente, a polícia trabalhou com a hipótese de latrocínio. Mas não descartou a possibilidade de execução.


Com Click PB



Marido confessa que pagou R$ 1.500 para matar esposa em Campina Grande Marido confessa que pagou R$ 1.500 para matar esposa em Campina Grande Reviewed by ´Blog do Erivaldo Guedes on 04:01 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.