ATENÇÃO: Chuvas fortes deixam mortos e desabrigados em PE e AL: confira


As fortes chuvas que atingiram os Estados de Pernambuco e Alagoas nos últimos dias já causaram mortes, desabamentos e muito prejuízos. O governo de Pernambuco decretou estado de calamidade em 13 municípios da Zona da Mata Sul.
Em Alagoas, o governador Renan Filho decretou situação de emergência na capital, Maceió e no município de Marechal Deodoro, na região Metropolitana.
Em entrevista coletiva na tarde deste domingo (28/5), o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), anunciou que o presidente da República, Michel Temer, virá aos dois estados nas próximas horas.
5 mil pessoas desalojadas
Em Pernambuco, a Defesa Civil confirmou a notificação de duas mortes e um desaparecimento no Agreste do Estado. Os óbitos aconteceram no município de Lagoa dos Gatos. A notificação do desaparecimento de um jovem FOI em Caruaru.

Ainda segundo a Defesa Civil, cerca de 5 mil pessoas estão desalojadas no Estado. Nos últimos dois dias, segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima, choveu 140 milímetros.
“As previsões apontam que as chuvas devem continuar com intensidade nos municípios da Mata Sul. Duzentos homens já foram enviados para dar suporte às equipes de defesa civil dos municípios. Também já enviamos dois caminhões com alimentos e lonas”, relatou o governador Paulo Câmara, que faria um sobrevoo nesta tarde nos principais municípios atingidos.
Deslizamentos e alagamentos
Em Alagoas, mais de mil famílias tiveram de deixar suas casas por causa das chuvas. Na capital, Maceió, há 212 famílias desabrigadas e outras 650 desalojadas (tiveram de buscar abrigo em casa de amigos ou parentes).

A Defesa Civil do Estado confirmou a ocorrência de quatro mortes, provocadas por deslizamentos. Outras quatro pessoas estão desaparecidas. O número de feridos já passa de 50. As chuvas causaram deslizamentos de barreiras, elevação de rios e alagamentos na capital e interior.
Situação de emergência
Há registros de desalojados na capital e em outras três cidades da Grande Maceió: Marechal Deodoro (250 famílias desabrigadas), Pilar (30 desabrigadas e 35 desalojadas), Atalaia (200 desalojadas).

O governador Renan Filho decretou situação de emergência em Maceió e Marechal Deodoro, na região Metropolitana As prefeituras dos municípios de Pilar e Rio largo também decretaram emergência. Em Paulo Jacinto, o prefeito decretou estado de alerta.
Segundo o governo, os municípios mais atingidos pelas chuvas são: Atalaia, Jacuípe, União dos Palmares, Marechal Deodoro e Murici.

Com Metrópole
ATENÇÃO: Chuvas fortes deixam mortos e desabrigados em PE e AL: confira ATENÇÃO: Chuvas fortes deixam mortos e desabrigados em PE e AL: confira Reviewed by Guedes Erivaldo on 03:01 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.