TRAMBIQUEIROS: Caririzeiros de várias cidades são vítimas de golpe na suposta instalação de antenas SKY


Uma grave denúncia está sendo formulada e confirmada por vários caririzeiros nas cidades de Parari, Santo André, Gurjão e Congo. Segundo relato das vítimas, cerca de 7 pessoas, entre homens e mulheres, passaram pelos municípios se dizendo representantes de vendas da empresa Sky e comercializando antenas e receptores com preços atrativos, o que fez com que muitos caíssem no provável golpe.
Segundo o vereador de Parari, Nildo Santos, que foi vítima do grupo, eles faziam muita pressão para que as pessoas comprassem o pacote e mostravam diversas vantagens. As pessoas que aderissem ao plano teriam que pagar R$ 300 para instalação da antena e do receptor, teria a liberação em dois dias de 120 canais em sua TV e dois meses de carência do plano, devendo renovar por apenas R$ 18 a mensalidade apenas após o terceiro mês.
O parlamentar relatou que nada se concretizou e já fazem mais de 15 dias que nada do que foi prometido chegou a ser cumprido. As vítimas relatam ainda que já entraram em contato com a empresa Sky e eles alegam ter um débito no nome das mesmas, mas informam ainda que nada do que foi prometido pelos falseadores corresponde a verdade.
Segundo o vereador Nildo dos Santos, a maior preocupação neste momento é porque os golpistas pegaram os documentos pessoais de cada vítima e não se sabe o que eles farão com esses documentos.
Procurado pela reportagem do Jornal da Tarde da Serra Branca FM, o diretor regional do Procon, Dr. Cristóvão Júnior, indicou que as pessoas vitimadas procurem a sede do Procon de Sumé para que a Sky e o SPC possam ser contatados caso a caso e o problema possa ser resolvido.

Com De Olho no Cariri
TRAMBIQUEIROS: Caririzeiros de várias cidades são vítimas de golpe na suposta instalação de antenas SKY TRAMBIQUEIROS: Caririzeiros de várias cidades são vítimas de golpe na suposta instalação de antenas SKY Reviewed by ´Blog do Erivaldo Guedes on 03:56 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.